É facilmente notável o quanto vem crescendo o mercado de aplicativos para dispositivos móveis, a ponto de fazer alguns até milionários, seja em lucro financeiro, seja em quantidade de clientes digitais.

Dentre os aplicativos mais bem sucedidos entre o público em geral, destacam-se os de transporte. Nomes como Uber, Cabify, 99 e Easy já se tornaram corriqueiros para muitas pessoas com necessidade de viagens locais não só imediatas, mas também com ótimo custo-benefício.

Pois agora, para facilitar mais ainda a escolha entre um desses serviços, surge o VAH, que pesquisa e compara os valores que serão pedidos por cada uma dessas empresas para um mesmo percurso.

 

O criador e administração do negócio

O aplicativo VAH tem ainda menos de um ano de existência, pois foi criado no mês de outubro do ano passado, por Marcio Bern, um paulistano que é também dono da produtora de conteúdos digitais Twice.

Quem o vê hoje, não imagina que ele também era um assíduo usuário desses aplicativos, enquanto enfrentava a situação de um parente internado no hospital, precisando assim visitá-lo constantemente. Sendo daí então que surgiu a ideia do VAH, pois costumava anotar os preços que eram dados por alguns desses aplicativos, para compará-los e escolher o mais em conta.

O aplicativo, que já teve mais de 100 mil downloads, fez o o intermédio de 160 mil corridas só em janeiro desse ano, garantindo às empresas já citadas um montante total de R$ 3 milhões.

Assim, o VAH vai crescendo e preparando-se para incluir outros operadores de transportes e de outras modalidades também, além da possibilidade de ser estendido para outros países da América Latina.

Um crescimento que é garantido, vale pontuar, por duas formas de monetização: venda de espaço no aplicativo para anúncios e uma comissão vinda das empresas às quais seus clientes são direcionados, por cada viagem, mas numa porcentagem não revelada.

Como funciona exatamente o aplicativo VAH

Apesar desse aplicativo permitir que o usuário de aplicativos do tipo cheque e então compare quanto sairá uma mesma viagem em vários desses ‘apps’ de transporte, ainda podendo reservar o veículo, é indispensável ter não só ele instalado, mas todos esses outros aplicativos de transporte alvos da pesquisa (99, Uber, Easy e Cabify).

O seu funcionamento se dá, atualmente, em todo o território nacional, mas há a possibilidade de, até 2018, servir também para outros países latinos, como Panamá, Argentina, Colômbia e também México.

Sua utilidade pode ir além de buscar o serviço mais barato na ocasião, e mostrar qual sairá mais rápido, a depender das necessidades do cliente. Sem contar que o aplicativo também promete alertar o seu usuário sobre as promoções diárias de cada uma dessas empresas incluídas no comparativo.