Sempre foi comum vermos pessoas que mantêm um emprego fixo associado a algum trabalho freelancer prestado para compor a renda mensal. Conforme as novas regras vigentes para o regime de trabalho CLT – Consolidação das Leis do Trabalho, essa tendência poderá ganhar cada vez mais força.

Mas os profissionais devem tomar cuidado para não trabalharem em excesso ao aproveitar essas novas oportunidades de contratos. O correto é realizar um planejamento do que pode ser feito, comparando com as atividades já prestadas e criando uma perspectiva real do quanto isso irá consumir do seu tempo, de suas energias e quanto você terá de retorno financeiro.

Para ajudar com esta questão, Gustavo Mota, CEO da plataforma WeLancer, trás 4 dicas de como você pode conseguir equilibrar todas essas tarefas, tornando-se um freelancer sem abandonar o seu emprego atual.

1- Desenvolva uma rotina para as atividades freelancer estabelecendo quais são as prioridades e os horários certos para essas atividades. A preferência deste planejamento deverá estar voltada para o seu emprego fixo, enquanto ele for mais importante do que as atividades freelancer.

2- Tenha em mente a hora de dizer não para honrar todos os compromissos exceder o seu limite. Novos compromissos devem ser avaliados para não pôr em risco os horários e os compromissos já assumidos. As datas de entrega de um serviço freelancer devem ser colocadas em uma planilha e ser um critério de decisão para novos compromissos.

3- Os prazos podem ser negociados junto ao contratante, sendo que podem ocorrer contratempos em projetos e serviços voltado à algum cliente. Neste caso, jamais sacrifique a qualidade do serviço para garantir a entrega dentro do prazo, e por mais que isso não seja o ideal, negocie um prazo estendido para a entrega deste material.

4- Não deixe a saúde de lado, permitindo que o estresse, a insônia, o cansaço de uma carga demasiada de trabalho, somados a ansiedade de cumprir esses compromissos façam parte de sua vida. O trabalho freelancer deve somar para a qualidade de vida em sua vida, e não trazer malefícios físicos e mentais.