Existem várias funções das máquinas de cartões débito ou crédito que as pessoas desconhecem, como, por exemplo: adquirir ingressos para shows e jogos de futebol e fazer a impressão do ingresso na própria maquininha.
As máquinas de cartões conseguem dispor de funções que vão além de somente serem usadas para pagar compras. Segundo Thiago Arnese, cofundador da empresa de tecnologia Hash Lab, são funcionalidades que mais de 95% dos consumidores desconhecem. Muitas dessas funções oferecidas pelas máquinas de cartões necessitam de um sistema integrado para oferecer tais serviços. Essas ferramentas estão cada vez mais disponíveis no mercado. Mas afinal, quais são essas 7 funções que o consumidor desconhece?
1 – O uso de cupons de desconto é viável com uma máquina de cartão. É possível usar cupons de descontos em compras devido a compras coletivas ou sobre ações promocionais oferecidas na maquininha. Thiago explica que o valor do cupom é validado e abatido no valor total da compra na hora em que ocorre o pagamento com o cartão.
2 – Cashback (termo em inglês que traduzido fica: dinheiro de volta) pode acontecer quando um consumidor é cadastrado em um programa de devolução de parte do dinheiro gasto em uma loja física ou e-commerce. O valor devolvido é acumulado nesse programa e é determinado pelo comerciante.
3 – Emissão de nota fiscal diretamente no e-mail do consumidor. O consumidor poderá receber a nota fiscal dos produtos adquiridos diretamente em sua caixa de e-mail.
4 – A compra e a impressão de ingressos diretamente na maquininha de cartões. Sem dúvidas, uma das funções que mais podem ajudar as pessoas e é desconhecida pela maior parte dos consumidores. Segundo Thiago, isso tende a minimizar o tempo gasto com essas transações, sendo que um uso menor de dispositivos ajuda a simplificar e realizar a venda do ingresso somente com uma maquininha de cartões.
5 – Validação de documentos através de imagens. “Você pode tirar fotos com a maquininha, e usar as imagens para validar documentos – o que ajuda na redução de fraudes, por exemplo – e integrar com outros sistemas”, diz Thiago.
6 – É possível ter armazenado em uma maquininha de cartão uma lista completa dos produtos oferecidos por um empreendedor. Com isso, um vendedor poderá ter todo o seu frete de caixa disposto somente em um aparelho.
7 – Existe a possibilidade de o consumidor fazer pedidos via e-commerce de forma online e off-line. “Imagine que você tem um cliente na sua loja e seu estoque acabou. Uma maquininha poderia fazer uma venda direta do seu e-commerce por meio do cartão presencial”, explica o especialista Thiago Arnese.