Resultado de imagem para Luiz Carlos Trabuco Cappi Bradesco

Luiz Carlos Trabuco Cappi

 

“Trabuco reúne todas as condições para realizar um bom trabalho. Além de ser vice-presidente do conselho, é o presidente executivo que tem tido todo o trabalho de alcance que o banco tem tido e se consolidado e contribuído para reerguer o país”. Foi o que disse Lázaro de Mello Brandão a respeito de sua sucessão no cargo de presidente do conselho de administração do Banco Bradesco, que ocupava desde 1990. Luiz Carlos Trabuco Cappi, que é atual presidente executivo da companhia bancária, foi anunciado como sucessor de Brandão no último 10 de outubro. Ele deve deixar a posição de chefe executivo no primeiro trimestre de 2018.

Lázaro Brandão, já com 91 anos de idade, salientou que a sucessão dele no cargo de presidente do conselho de administração da organização há algum tempo já vinha sendo amadurecida. “Foi uma iniciativa minha”, esclareceu o bancário, que acentuou que é preciso haver “renovação” para que haja a perpetuação de um trabalho de alta qualidade no banco. “A necessidade de ter um conselho ativo me trouxe a consciência de que a sucessão e novas disposições para o trabalho que preservamos eram prudentes”, explicou Brandão – que seguirá no conselho de administração das empresas controladoras do grupo.

Já Luiz Carlos Trabuco Cappi, por conta do regulamento do Bradesco, não pode acumular dois cargos. Bem por isso, até março do ano que vem deve ser indicado um substituto para assumir a presidência executiva da instituição. Por sua vez, o cargo ocupado por Trabuco na vice-presidência do conselho de administração já tem dono – o eleito é Carlos Alberto Rodrigues Guilherme, que começou a trabalhar no Banco ainda aos 13 anos de idade.

Sobre Lázaro Brandão

Foi em 1942, como escriturário na Casa Bancária Almeida & Cia – instituição financeira que, anos mais tarde, transformou-se no Bradesco – que Brandão iniciou carreira. Ele sucedeu o fundador do banco, Amador Aguiar, na presidência-executiva em 1981. Em 1990, sucedeu a Aguiar também no cargo de presidente do conselho de administração do banco.

Sobre Luiz Carlos Trabuco Cappi

O executivo nasceu em 6 de outubro de 1951 no município de Marília, em São Paulo e é formado em filosofia pela Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da UNESP e pós-graduado em sócio psicologia na Fundação Escola de Sociologia e Política de São Paulo (FESPSP) – cursos nada tradicionais para o campo que Luiz Carlos Trabuco Cappi atua.

No entanto, o ainda presidente executivo da instituição fundada por Amador Aguiar – e, agora, também, presidente do conselho de administração – começou sua carreira na companhia ainda muito jovem.  Ele entrou na empresa bancária com apenas 18 anos, no ano de 1969. Assim como Lásaro Brandão, o início foi como escriturário, passando, nos anos seguintes, por todos os escalões da companhia – como pelas áreas da previdência privada e do marketing.

Aos 47 anos de idade, em 1999, Luiz Carlos Trabuco Cappi foi promovido a vice-presidente do banco. Em 2003, mais uma conquista, acumulou também o cargo de chefe da Bradesco Seguros – onde atuou até 2009, quando se tornou presidente da organização. No comando do banco, o executivo liderou um dos maiores processos de fusão do setor bancário do país nos últimos anos – a compra, em 2015, da filial brasileira do HSBC por 5,2 bilhões de dólares.