Controlar o orçamento nem sempre é fácil, ainda mais quando se trata do orçamento familiar. Imprevistos são os principais fatores que fazem com que o dinheiro do mês desapareça rapidamente, no entanto, a compra de supérfluos aparece logo em seguida. Comprar por impulso, sem necessidade ou por prazer, pode trazer um prejuízo enorme no bolso. Aliás, toda compra sem planejamento acaba consumindo mais dinheiro do que deveria.

Esses são apenas alguns conceitos para quem deseja controlar de verdade o orçamento. Mas tem uma dica, muito simples e fácil, que pode fazer toda a diferença na hora de controlar as despesas. Andar com um pedaço de papel e um lápis na bolsa ou na carteira. Como um pedaço de papel e um lápis poderão ser úteis para o controle financeiro? Simples, todo dinheiro gasto deverá ser anotado, dessa forma, fica muito mais fácil de visualizar o quanto de dinheiro é gasto por mês e o que pode ser cortado desses gastos.

Se você ficou interessado nessa dica simples, confira a seguir como colocar em prática essa dica valiosa para controlar seu orçamento:

Anote tudo

Cada centavo conta, por isso, você deverá anotar todo o dinheiro gasto com coisas importantes e com supérfluos, e ao lado, ainda deverá especificar com o que foi gasto aquele dinheiro. Por exemplo: 100 reais gastos com telefone, 15 reais gastos com manicure, 70 reais gastos com remédio, e por aí vai. O importante é não deixar de anotar ou se esquecer de fazer isso, por isso o papel e o lápis deve estar bem próximo, se não, dentro da carteira.

Avalie o histórico

Evidentemente, anotar os seus gastos não irá simplesmente fazer com que seu dinheiro renda mais. Após anotar tudo, você deverá avaliar item por item do histórico de gastos e classificá-los em algumas categorias, como alimentação, saúde, diversão, extra, carro, casa, entre outros. Além de classificá-los, você deverá colocar em ordem de prioridade as categorias mais importantes. Dessa forma, você poderá analisar o quanto de dinheiro que é gasto mensalmente com coisas importantes e com supérfluos.

Corte os gastos desnecessários

Seu histórico financeiro te mostrou que você gasta muito dinheiro com itens desnecessários? Então está na hora de cortar esses gastos. Tudo aquilo que não for importante e represente um gasto desnecessário ao mês, deve ser repensado na hora de comprar. Essa é uma medida que protege o bolso e a natureza: imagina o quanto de lixo vai parar na natureza por causa dessas compras desnecessárias? Além disso, o dinheiro economizado todos os meses poderá ser investido em rendas fixas, que irão gerar ainda mais dinheiro de forma passiva. Fazendo isso todos os meses, é garantido que você conseguirá terminar o mês com dinheiro no bolso.